Existe hora certa para sair do Brasil?

Existe hora certa para sair do Brasil?

Bom dia, boa tarde e boa noite para você que nos lê. Hoje viemos tratar de um assunto que muito dá o que falar nas conversas dos bares do país: afinal, vale a pena continuar vivendo no Brasil? Fugir das terrinhas brasileiras, especialmente quando temos filhos, parece ser a solução perfeita. Mas será que agora é a hora certa? Será que não é melhor esperar mais um pouco para se arriscar a largar tudo e sair pelo mundo afora em busca de novas oportunidades?

 

Para você que anda com essas e outras dúvidas, não se aflija: a galera da redação vai responder a todas as suas perguntas. Basta continuar lendo!

 

Resultado de imagem para excited gif

Vamos lá porque eu tô animado(a)!!

Existe hora certa? 

Existir, existe, sim. Mas é necessário ter em mente que cada um tem sua própria hora “certa”. É possível que seu primo decida ir hoje morar fora e para você esse não seja o melhor momento. Considere todas as consequências de sair do país em cada fase da sua vida. Às vezes o que deveria facilitar a sua jornada – seja acadêmica ou profissional – pode acabar prejudicando seu caminho por simples ansiedade. Portanto, não se afobe. A paciência pode ser essencial na hora de tomar decisões importantes – e se mudar de país certamente é uma das maiores decisões da sua vida.

 

Além desse pequeno fator, é importante lembrar que você esterá deixando para trás o seu país. Parece clichê, mas boa parte das pessoas se esquece de onde veio. Pior do que isso, as pessoas se esquecem de que as culturas são diferentes entre si. Deixar o Brasil é deixar também a feijoada, o pão de queijo, o brigadeiro, o carnaval e o verão – isso sem falar de inúmeras belezas naturais espalhadas pelas cinco regiões. É necessário estar consciente de que as mudanças não se limitam somente ao lugar de moradia: há diferenças em tudo, desde hábitos simples até a própria língua, que, até em Portugal, tem suas diferenças.

 

Resultado de imagem para thinking gif

Entendi! Prossiga, por favor.

Como eu posso sair do Brasil?

Já falamos aqui sobre tirar passaporte europeu e sobre acompanhamento de processos. Ambas as postagens são relevantes porque dão uma base sobre o que é necessário ter para conseguir sair do país por meio de cidadania europeia. Uma vez tendo uma cidadania estrangeira, todo o resto fica muito mais fácil. Caso você não tenha, pode procurar outras formas de sair do país, como por meio do estudo ou conseguindo propostas de trabalho.

 

a) Meio acadêmico

Muita gente costuma procurar universidades europeias na hora de fazer uma pós-graduação. As especializações de Portugal e da Alemanha, por exemplo, em geral são muito bem conceituadas, chegando a oferecer títulos de mestrado e doutorado. Se você busca se tornar mestre ou doutor na sua área, essa acaba sendo uma boa opção, especialmente porque, se bem colocado, você pode conseguir bolsas de estudo e auxílio moradia para o período que estiver cursando sua pós. É realmente ótimo.

 

b) Meio profissional

Se você já fez mestrado ou doutorado no exterior, é possível que já tenha inúmeros contatos profissionais por lá. Na medida do possível, é vantajoso questionar seus amigos e professores a respeito de oportunidades de trabalhos na área, seja no decorrer do curso acadêmico ou após o término da pós-graduação. Não sinta vergonha: o “não” você já tem.

Caso você não tenha esse tipo de contato, não se preocupe, nem tudo está perdido: ainda é possível conseguir uma transferência da sua própria empresa para o exterior. Muitas agências e companhias têm filiais tanto na América do Sul quanto na Europa, o que facilita a transição.

 

Resultado de imagem para options gif

Muitas opções aham aham.

 

Vantagens e desvantagens 

Muitos se perguntam a respeito da real vantagem de se morar no exterior. De maneira resumitiva, o maior benefício, em disparado, relatado pelos brasileiros que não moram no Brasil é a segurança. Infelizmente, hoje, o Brasil figura como o país com o maior número de assassinatos do globo. Trata-se de um número absurdo, que supera inclusive a Síria. Os brasileiros sabem que nossa terra não está em guerra com ninguém, mas o número nos faz pensar em uma guerra civil. Outras vantagens podem ter números menores e menos assustadores, mas são igualmente relevantes, especialmente para quem tem ou pretende ter filhos.

  1. Segurança
  2. Educação (infelizmente o Brasil é um dos países que mais peca nesse sentido).
  3. Corrupção (trata-se de um tópico que gera revolta e choque. Longe de acabar, a corrupção acaba por ser uma espécie de “mau exemplo” para os que serão nosso futuro amanhã: as crianças).
  4. Saúde (o Sistema Único de Saúde deixa centenas de brasileiros na mão por dia. Muitos chegam a morrer na fila – e não é, sob qualquer aspecto, culpa dos médicos. Eles são explorados e têm jornadas de trabalho que excedem o recomendado em qualquer lugar do mundo).

 

Resultado de imagem para cry gif

É tudo verdade. 🙁

 

Tudo bem, mas agora vamos às desvantagens. Embora não pareça, o Brasil tem suas alegrias.

  1. Caso você decida morar fora, terá de lidar com a saudade. Não há como viajar todo mês para visitar a família, o que implica em perder datas comemorativas e ocasiões especiais, como casamentos, nascimentos e outros.
  2. O Brasil ainda é a casa da sua língua. Parece loucura, mas poder se comunicar com sua língua mãe pode ser libertador. Muitos classificam como claustrofóbico não fazer uso do português todos os dias.
  3. Mudar-se para outro país exige força de vontade – o recomeço pode alcançar todas as esferas da sua vida, desde trabalho até amizades (já que você deixará uma vida inteira no Brasil).
  4. O clima. Muita gente ignora, mas dependendo do seu país de destino, talvez seu corpo sofra (bastante) com as mudanças climáticas (talvez drásticas). Dificilmente você encontrará um lugar cujo inverno é semelhante ao inverno brasileiro – com exceção de alguns países da América do Sul.

 

Algumas comparações

Em questões financeiras, é importante pesquisar a respeito do salário médio na sua área no país de destino. Não apenas isso, mas seria ideal também começar a entender um pouco sobre economia em geral – desde salário mínimo até quanto anda valendo o real por lá. Às vezes o custo de vida é muito melhor na Europa, por exemplo, que no Brasil. Pode ser, contudo, que seja o contrário. A título de comparação, trazemos para vocês uma tabela rápida entre Brasil e Portugal.

 

Resultado de imagem para money gif

Hora de falar de valores.

 

a) BRASIL (dados de 2012)

  • Salário mínimo: R$ 880
  • Plano de saúde simples (2 adultos + 2 crianças): R$ 770
  • Carro usado: 30 salários mínimos
  • Carteira de motorista: R$ 1.795,92 (mais de 2 salários mínimos)
  • Litro de gasolina: possível comprar 241 L por salário mínimo
  • Quilo de frango: possível comprar 103 Kg por salário mínimo
  • Quilo de carne (alcatra): possível comprar 30 Kg por salário mínimo

 

b) PORTUGAL (dados de 2012)

  • Salário mínimo: 557 €
  • Plano de saúde simples (2 adultos + 2 crianças): 24,90 €
  • Carro usado: 14 salários mínimos
  • Carteira de motorista: 249 € (meio salário mínimo)
  • Litro de gasolina: possível comprar 373 L por salário mínimo
  • Quilo de frango: possível comprar 384 Kg por salário mínimo
  • Quilo de carne (alcatra): possível comprar 53 Kg por salário mínimo

 

Resultado de imagem para malas gif

Nossa, já tô fazendo minhas malas.

 

E aí? Vai pensar mais um pouco ou já vai arrumar as malas? Estamos aqui para ajudá-lo: tire sua cidadania e dê um rumo na sua vida. Porque seja no Brasil ou em outro lugar, a felicidade é pra já!

Share

Igraínne Marques é formada em Literatura pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro e escreve desde que se lembra. Autora do romance "Joana e Maurício", lançado pela Editora Buriti em 2014, costuma dizer que o mundo é uma aventura. Atualmente trabalha como revisora, colunista, redatora e escritora, tendo se dedicado especialmente à fantasia. Começou também outra faculdade: dessa vez, Comunicação - embora possa ser encontrada com mais frequência em qualquer supermercado comprando Nutella.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *