Mês do aniversário - DESCONTOS PROGRESSIVOS - Garanta até R$ 5.000 de desconto - CHAME SUA FAMÍLIA - 

Vale a pena contratar assessoria para cidadania italiana?

Share

Descobriu que tem um antepassado italiano e já está pensando em se tornar cidadão italiano? Bem-vindo(a) ao clube! Mas antes de mergulhar de cabeça nessa jornada, é importante se preparar para encarar leis, processos e burocracias.

Você já deve ter se deparado com a complexidade desse processo. E a pergunta que não quer calar: será que vale a pena contratar uma assessoria especializada? Neste artigo, vamos explorar os desafios desse caminho rumo à cidadania italiana e descobrir se uma ajudinha profissional pode fazer toda a diferença.

O que uma assessoria especializada em cidadania faz?

Antes de explicar o que uma assessoria especializada faz no processo de reconhecimento da cidadania italiana, vamos entender como funciona.

O direito à cidadania italiana é baseado no princípio jus sanguinis, ou seja, direito de sangue. Isso quer dizer que se você tem um parente italiano, automaticamente tem direito à cidadania italiana! Para começar esse processo, é preciso comprovar esse vínculo sanguíneo por meio das certidões de nascimento e casamento desse antepassado, até chegar a você. Esses documentos podem ser obtidos com familiares ou até mesmo em sites de busca, como o FamilySearch.

Agora, se você não tem ideia de por onde começar, ou só tem algumas informações sobre o seu parente italiano, mas nenhum documento em mãos, não se preocupe! A Cidadania Já conta com genealogistas para te ajudar a montar sua árvore genealógica e a buscar todos os documentos necessários para tornar realidade o sonho do passaporte europeu!

Se o seu parente italiano é seu cônjuge, recomendamos que leia este artigo: cidadania italiana por casamento: tenho direito?

Já tenho todos os documentos. Qual é o próximo passo?

Após reunir toda a papelada necessária para o processo de cidadania, é hora de analisar cuidadosamente esses documentos. É comum que, ao lidar com documentos antigos, encontremos nomes e sobrenomes escritos de forma errada. Isso acontece porque as pessoas tinham dificuldade em reproduzir palavras estrangeiras, então muitas vezes as transcreviam como eram pronunciadas. E não para por aí! Também é crucial verificar com cuidado as datas nos registros para evitar confusões entre os seus parentes. Pequenos erros podem ser corrigidos diretamente nos cartórios de registro civil, enquanto os mais substanciais exigem uma intervenção judicial.

Essa parte é séria mesmo! Imagina só esperar anos pelo reconhecimento da cidadania pelo consulado e, no final das contas, descobrir que um simples erro, que poderia ter sido resolvido rapidinho com uma retificação, acabou invalidando o processo? Ou até mesmo perder um prazo e ter que começar tudo de novo? Melhor nem pensar, né? Até porque você não precisa ficar na torcida ou esperar por um milagre. Contratar uma assessoria especializada pode ser a garantia de uma jornada mais tranquila.

Depois que os documentos estiverem todos em ordem, é hora de traduzi-los para o italiano com a ajuda de um tradutor juramentado e legalizá-los em cartório para garantir que tenham validade internacional.

Então, se você quer ter certeza de que sua documentação está completa e dentro dos requisitos do tribunal italiano, pode dar o primeiro passo agora mesmo e pedir um pré-orçamento gratuito com uma assessoria especializada em cidadania.

Em resumo, uma assessoria especializada em cidadania:

  • Analisa minuciosamente os documentos para evitar rejeições, seguindo rigorosamente a legislação italiana;
  • Auxilia na obtenção correta dos documentos necessários;
  • Recomenda tradutores juramentados, garantindo qualidade e economia nos serviços de tradução;
  • Gerencia todo o processo por meio de um advogado especializado em direito italiano na Itália. Esse advogado atua como representante do requerente, eliminando a necessidade de o requerente viajar para a Itália.

Quanto custa para tirar cidadania italiana com assessoria?

Aqui na Cidadania Já trabalhamos com a via judicial. O custo do processo se divide em duas partes distintas:

  • A primeira é variável, pois abrange os gastos relacionados à preparação de documentos. Cada família terá uma variação de documentos e suas particularidades, por esse motivo é difícil estipular um valor;
  • A segunda é fixa, pois engloba as taxas de protocolo no tribunal italiano e os honorários advocatícios, que independem da quantidade de documentos.

    investimento custa a partir de R$ 15 mil. Mas não se preocupe! Há uma alternativa para que o valor fique mais acessível! Se você tiver outros familiares com o mesmo ascendente italiano em comum e querendo obter a dupla cidadania no mesmo processo, é possível dividir os custos. Assim fica bem melhor, né?

Em quais casos a cidadania italiana por via judicial é necessária?

Conseguir a cidadania italiana via judicial é a opção mais indicada para quem está enfrentando dificuldades no processo via consulado, como pedido negado ou demora excessiva na análise administrativa. 

Nos casos abaixo, a transmissão da cidadania italiana só é possível por via judicial:

  • Processos de cidadania dos descendentes de trentinos, iniciados antes de 2010 por via administrativa, que ainda aguardam análise. É possível concluí-los por via judicial, com a justificativa de atraso consular, um direito assegurado pela constituição. Leia mais aqui.
  • Descendentes de italianos por via materna nascidos antes de 1948. Isso porque, até 1975, a Constituição Italiana estipulava que ao casarem-se com cidadãos estrangeiros, as mulheres perdiam instantaneamente sua nacionalidade, adotando a do marido e, consequentemente, não podiam transmiti-la a seus filhos. Leia mais aqui.

É possível conseguir cidadania italiana sem assessoria?

Sim, é possível. Não há nenhuma exigência jurídica que obrigue a contratação de uma consultoria para realizar o processo.

No entanto, considerando tudo o que foi discutido, pode ser útil avaliar se vale a pena contratar uma consultoria. Em outras palavras, é bom pesar os prós e contras antes de decidir.

Como saber se minha família já tem cidadania italiana?

Para começar a jornada em busca da cidadania italiana da sua família, é importante perguntar para os familiares se alguém já participou de um processo de cidadania. Muita gente já tem um registro no AIRE no Consulado e nem faz ideia.

Se mesmo após essa investigação familiar você não obtiver informações claras, uma alternativa é tentar acessar o cadastro AIRE pelo portal FAST IT. Se conseguir, é sinal de que a cidadania já está reconhecida para essa pessoa.

Por outro lado, se não conseguir sucesso nessa tentativa, não desanime! É só enviar uma mensagem ao consulado para questionar se há algum processo de cidadania em que o seu ascendente esteja listado como Dante Causa. Com um pouco de persistência, você pode desvendar os mistérios da sua herança italiana!

Um parente já tirou a cidadania. Posso usar os documentos dele?

Se por acaso você tem um parente que já conquistou a cidadania italiana e esse parente compartilha o mesmo antepassado que você, existe uma vantagem! Você pode utilizar as cópias das certidões que foram utilizadas no processo dele, desde que ele concorde, é claro.

Isso pode agilizar bastante a parte da documentação e, como resultado, o reconhecimento da sua própria cidadania italiana. Então, além de facilitar sua vida, essa estratégia pode até mesmo acelerar todo o processo!

Por que escolher a Cidadania Já?

Aqui na Cidadania Já, mais de 15 mil pessoas já realizaram o sonho de obter a cidadania italiana e portuguesa! Nosso time de especialistas cuida de tudo, desde a preparação dos documentos até os contatos com consulados e comunes, além da transferência de documentos entre Itália e Brasil. E o melhor de tudo? Fazemos tudo de forma rápida, sem complicações e com total segurança!

Se você continua na dúvida sobre quando começar ou quer planejar financeiramente seu investimento, basta preencher nosso formulário para receber um pré-orçamento personalizado, grátis e sem compromisso!