Mês do aniversário - DESCONTOS PROGRESSIVOS - Garanta até R$ 5.000 de desconto - CHAME SUA FAMÍLIA - 

Como solicitar o passaporte italiano?

Share

Em 2024, conforme o ranking do Henley Passport Index, o passaporte italiano foi considerado o mais poderoso do mundo. Após alguns anos ocupando a terceira posição, agora o passaporte italiano está no topo da lista e é o melhor do mundo, permitindo que você entre em 194 países isento de visto, poupando burocracia, documentos, etc.

Atualmente o passaporte brasileiro ocupa a 17ª posição segundo o ranking, também feito pelo Henley Passaport Index. Clicando aqui você confere o ranking completo.

Conforme a constituição brasileira e italiana, ambos os países permitem a dupla nacionalidade e, consequentemente, múltiplos passaportes. E, com isso, sempre surge a dúvida: qual passaporte devo usar na hora de comprar uma passagem aérea?

Você sabe o que é necessário para ter o direito de solicitar o passaporte italiano? E para emitir o passaporte italiano? Abaixo iremos te explicar tudo!

Quem pode ter o passaporte italiano?

O passaporte italiano pode ser solicitado por todo cidadão italiano legítimo ou que tenha reconhecido a sua cidadania italiana, seja por ius sanguinis (vínculo sanguíneo), por matrimônio ou por tempo de residência na Itália.

Confira aqui 5 formas diferentes de obter a sua cidadania italiana.

Ou seja, você só pode entrar com o pedido de emissão do seu passaporte italiano se você puder comprovar por meio de documentos a sua cidadania italiana.

Atualmente é possível solicitar o passaporte tanto pelo Brasil, como diretamente na Itália. A maior diferença entre os caminhos, será o tempo de conclusão da emissão do documento.

Como solicitar o passaporte italiano no Brasil?

Apesar de ser um caminho mais lento, é totalmente possível solicitar o seu passaporte italiano aqui no Brasil, no consulado italiano referente ao estado em que você reside e que, consequentemente, tem o seu AIRE atualizado. Descubra aqui como fazer a inscrição no AIRE.

Uma vez que você já reconheceu a sua cidadania e já está com o seu AIRE inscrito e atualizado no consulado italiano do local onde você reside no Brasil, você devera agendar a entrevista de emissão do seu passaporte.

Atualmente existem 6 consulados italianos no Brasil, e alguns deles representam mais de um estado. Por exemplo:

Atualmente, os consulados de São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba e Belo Horizonte já atendem solicitações para as entrevistas por meio de videochamadas no WhatsApp.

Documentos necessários:

  • Documento de identidade original (RG, RNE, carta d’identità dentro da validade) e cópia simples, frente e verso;
  • 2 fotos recentes (iguais, frontais, coloridas, tamanho 3,5cm x 4,5cm);
  • Comprovante de residência no nome do requerente, original e uma cópia simples com menos de 3 meses
  • Passaporte italiano anterior (se houver), original e uma cópia das 5 primeiras páginas. Caso o passaporte anterior tenha sido roubado ou perdido, é necessário apresentar o original do boletim de ocorrência de roubo ou perda;
  • Passaporte de outra nacionalidade (se houver), original, válido, além da cópia simples da página com foto e assinatura.

A taxa de emissão cobrada pelo Consulado Italiano no Brasil é variável conforme a cotação do euro e a conversão para o real, anualmente esse valor é reajustado 4 vezes ao ano.

Em relação a prazos e entrega do documento, cada consulado trabalha à sua maneira. Os de São Paulo e Belo Horizonte enviam o passaporte através dos correios em um prazo médio de 30 a 60 dias. Os outros costumam entregar o passaporte no mesmo dia da entrevista ou permitem a retirada alguns dias depois.

Como solicitar o passaporte italiano na Itália?

Se você pode solicitar o seu passaporte italiano já na Itália mesmo, ótimo! Será mais rápido! Mas, é necessário que você esteja residindo legalmente no país e claro, já tenha a sua cidadania italiana reconhecida também.

O requerente do passaporte italiano precisará estar inscrito na Comune, órgão responsável por sua região de moradia na Itália. Tudo estando certo com o seu cadastro, podemos seguir em frente.

O primeiro passo é fazer um agendamento no site Passaporte Elettronico ou ir pessoalmente no setor responsável no departamento de polícia que corresponde ao local que reside na Itália.

Documentos necessários:

  • Formulário de requerimento de passaporte impresso e preenchido;
  • Documento de identidade válido;
  • 2 fotografias, com tamanho padrão passaporte e recente, com fundo branco;
  • Comprovante de pagamento bancário da taxa de € 42,50 para passaporte comum;
  • Selo no valor de € 73,50

Em relação ao valor, a taxa de emissão também é variável como no Brasil, depende da sua localidade na Itália. Já em relação ao prazo, normalmente em 20 dias você já terá o seu passaporte europeu em mãos.

Possuir a cidadania e o passaporte italiano é uma vantagem que sem dúvidas poderá abrir muitas portas, como morar em qualquer país da união europeia, trabalhar ou estudar nas melhores instituições do mundo, além da qualidade de vida.

Confira aqui os maiores benefícios e vantagens que ter a cidadania e o passaporte italiano podem te proporcionar.

Como renovar o meu passaporte italiano?

O passaporte italiano é um documento que tem, atualmente, a validade de 10 anos, então, em algum momento será necessário renová-lo para continuar usufruindo dos infinitos benefícios de um cidadão europeu.

Para renovar o passaporte italiano, é necessário que a validade do documento em uso, seja menor 6 meses. E para conseguir viajar utilizando o passaporte italiano, é necessário que a validade do documento seja de 6 meses antes do vencimento, do contrário alguns países não vão permitir a sua entrada.

Atualmente, a taxa consular para renovar o passaporte italiano está em torno de 116 euros.

Os documentos exigidos são básicos, o prazo para reemissão é o mesmo para emissão da primeira via no Brasil. Confira abaixo tudo que vai precisar:

Documentos necessários:

  • Passaporte vencido ou que está próximo da validade;
  • 1 foto 3,5cm x 4cm, (iguais, frontais, coloridas, recentes);
  • Comprovante de residência em nome do requerente; 
  • Comprovante do pagamento da taxa;
  • Documento de identidade válido, também para menores de 18 anos, que permita a identificação (carteira de identidade de emissão recente ou passaporte brasileiro);
  • Endereço e nome do destinatário com os selos para o envio do documento.